Áreas de Atuação

Mediação e Arbitragem

Preocupados com as amarras e deficiências da extenuada máquina do Judiciário e com o intuito do redirecionamento e a modernização da legislação ao tratar dos métodos não adversariais de resolução de conflitos o Legislador do Código de Processo Civil (Lei nº 13.105, de 16 de março de 2015), concedeu as partes a oportunidade de convencionar a arbitragem entre as partes no negócio jurídico., uma vez que constatados elevados índices de autocomposição e a indiscutível satisfação dos clientes que adotaram tais procedimentos.

Temos profissionais habilitados para realizar o procedimento de mediação e arbitragem e satisfazer a vontade de nossos clientes em ver possíveis demandas solucionadas de forma rápida e eficaz, apresentando esta alternativa de vanguarda.

Na elaboração de contratos, ata de assembleia e outros documentos particulares é possível a eleição da arbitragem, muito mais célere e considerável redução de custos se comparada com uma ação judicial. Por isso, a orientação preventiva na elaboração de um contrato permite antever os problemas futuros que, eventualmente, possam surgir e, com isso, evitá-los ou, ao menos, reduzir o seu impacto nas negociações.

Vale salientar o estímulo do Novo CPC para a mediação e conciliação, consubstanciado, por exemplo, na obrigatoriedade de se realizar uma audiência de conciliação ou de mediação antes do oferecimento da contestação. A possibilidade de extinção sumária do conflito provavelmente propiciará uma análise do custo e benefício na manutenção do litígio pelas partes, reduzido, assim, os custos atrelados aos processos.

Procure-nos!